Instalação de um Subversion SVN em Linux [Manual]

DominioTXT - Subversion
Instalação de um Subversion SVN em Linux.

Bem vindos ao Blog DomínioTXT.

Em um ambiente de desenvolvimento é aconselhado que se tenha um controle de Versões de Scripts automatizado, onde se pode acessar e subir ou baixar pacotes e até mesmo verificar quem efetuou a ultima modificação, isso em qualquer um dos projetos que o mesmo tenha em seu repositório.

Hoje vamos aprender como instalar e utilizar um sistema de SVN em um servidor Linux.


Instalação.


Para efetuar a instalação precisaremos dos seguintes pacotes.

  • subversion
  • mod_dav_svn

Primeiramente abra o terminal do seu Sistema operacional, e instale os seguintes pacotes.

No Centos, Fedora ou RedHat.

# yum install subversion

# yum install mod_dav_svn

No Debian ou Ubuntu.

# sudo apt-get install subversion

# sudo apt-get install libapache2-svn

Após instalação dos pacotes ser concluída, criaremos o diretório no nosso servidor onde ficarão os arquivos referente aos nossos projetos que estão sobre o controle da nossa SVN.

#sudo mkdir /svn

Agora é necessário editar o documento “dav_svn.conf”. Este processo pode ser feito utilizando o comando abaixo.

Com o documento aberto, apague todo o conteúdo e substitua pelo enunciado a seguir, para que então possamos dar inicio ao Subversion.

<Location /svn>
DAV svn
SVNParentPath /svn
AuthType Basic
AuthName "Subversion Repository"
AuthUserFile /etc/apache2/dav_svn.passwd
Require valid-user
</Location>



Administrando o servidor SVN.


Neste momento precisamos criar um usuário para acessar a nossa SVN, para isso vamos utilizar o comando a seguir.

#sudo htpasswd -cm /etc/apache2/dav_svn.passwd Nome_Usuário



DominioTXT - SVN


No comando de criação de usuários, utilizamos o complemento “-c” apenas na primeira vez que formos criar um usuário para a nossa SVN, sendo o mesmo dispensável na criação dos demais usuários do Subversion. Lembramos que “Nome_Usuário” se refere aos nomes de usuário da nossa SVN, e que deve ser substituído toda vez que for criado um novo usuário.

Obs.: Caso se esqueça e utilize o comando com o complemento “-c” o mesmo apagara o arquivo “dav_svn.passwd”, e neste caso será necessário cadastrar novamente a sua lista d usuários.

Seguindo nosso trabalho vamos criar o Repositório do nosso projeto.
Utilizando os comandos abaixo iremos nos dirigir até o diretório da nossa SVN, e nele criaremos o projeto de nome “PrimeiroProjeto”. Abaixo segue código.

#cd /svn
#sudo svnadmin create PrimeiroProjeto

 

Completando a instalação, agora vamos apenas adicionar a permissão para que o Apache possa “editar” os documentos da nossa SVN. Utilizando o comando abaixo iremos adicionar esta permissão e na sequencia, reiniciaremos o serviço do Apache.

#sudo chown -R www-data:www-data /svn
#sudo /etc/init.d/apache2 restart


Com o Subversion no Ar, basta que você aponte a sua aplicação para ela e configure o caminho do seu repositório, sendo possível ter e manipular mais de um repositório no mesmo servidor do SVN.

É notável a utilidade deste serviço de rede em uma empresa de desenvolvimento de softwares, pois desta forma é possível que um ou mais desenvolvedores trabalhem em um mesmo projeto sem que hajam problemas de acesso ou mesmo descontrole de versões entre uma e outra atualização.


A todos o meu singelo agradecimento.


Gostou do Blog, então deixe o seu comentário.
Quer sugerir algum assunto? Notou algo que não confere com o assunto?
Mande sua opinião, sugestão ou reclamação. Contato DomínioTXT.

Deixe seu comentário...